Life StyleWorld

Se deixou de tomar a pílula, tenha isto em conta

Lifestyle ao Minuto

Ouça o seu ginecologista, mas antes de tomar a decisão, saiba com o que contar.

Se deixou de tomar a pílula, tenha isto em conta

 

Às que tomam esta decisão, é importante informar o seu ginecologista, com quem provavelmente irá querer tirar algumas dúvidas como ‘o meu período vai desrregular?’ ou ‘como ficarei a nível de fertilidade?’, entre tantas outras.

Provavelmente o seu médico vai antecipar-se e alertá-la para estes cinco importantes aspetos a ter em consideração, mas se ainda está na fase de ponderar se deve ou não deixar de tomar a pílula, saiba com o que contar.

Prepare-se para um ‘reset’ do ciclo menstrual: Durante um grande período, o seu corpo esteve dependente de hormonas. Ao acabar com esta dependência, é normal que o seu corpo demore até estabilizar e encontrar o seu próprio ritmo.

Trate da sua pele: Muitas mulheres começam por tomar a pílula por questões de acne e não como contraceção. Quer tenha sido este o seu motivo, ou não, é possível que o corpo ressinta com as alterações hormonais e apresente alterações na pele. Também nesta fase – de procura de cremes mais indicados a si – há que ter paciência, até encontrar o produto mais indicado ao seu caso

Combata o acne internamente: Não trate do problema só a nível utópico, deve garantir que trata ‘de dentro para fora’ como forma de evitar retenção de líquidos e outros aspetos, ao tomar água com vinagre de cidra, por exemplo.

Prepare-se para as mudanças de humor: ao parar com a toma da pílula, as alterações hormonais afetam tudo, até o seu humor. Se optar por consumir algo para acabar com o cansaço e estado depressivo, opte por produtos naturais, será suficiente para ultrapassar a fase.

Atenção ao que come: Algumas mulheres engordam quando deixam de tomar a pílula, por isso evite os excessos pois a probabilidade de reter a gordura é maior. Não descure também do exercício físico, o seu corpo vai se ressentir se fizer grandes alterações na rotina habitual.

Fonte: Notícias ao Minuto.

Origem
Notícias ao Minuto

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close