Sem categoria

Sérgio Conceição: «Houve casos discutíveis mas vou ser fiel ao que disse»

Treinador não quis alongar-se sobre o tema e explicou o sistema tático apresentado em Anfield

Sérgio Conceição referiu então que o FC Porto também teve oportunidades para marcar em Inglaterra, apesar da derrota por 2-0 com o Liverpool. O treinador do FC Porto explicou ainda o sistema utilizado pelos dragões e falou na existência de alguns “casos discutíveis” sem querer alongar-se sobre o tema.

Sistema

“Tentámos dificultar ao máximo no que o Liverpool é forte. Queríamos controlar bem o espaço no nosso terço defensivo e foi uma opção que achei interessante para ter sempre três homens no corredor central, porque Salah e Mané tanto jogam bem por fora como por dentro, são extremamente perigosos. Achei que dessa forma estávamos mais equilibrados, mas sem perder os olhos na baliza contrária. Por isso tínhamos o Marega numa posição um bocadinho diferente. E tínhamos um equilíbrio de terceiro médio, o Otávio, a partir da direita”.

Golos sofridos

“Sofremos um golo de uma bola prensada, porque entrámos bem no jogo. O segundo golo nasce de um erro individual. Se virem bem, a facilidade com que fazem esse golo não é normal, estando nós em superioridade dentro da grande área.”

Ocasiões e casos de arbitragem

“Por volta da meia hora tivemos uma ou duas ocasiões. Nos últimos 15 ou 20 minutos da primeira parte equilibrámos nas ocasiões. O Liverpool foi eficaz. Na segunda parte tentámos retificar o posicionamento no meio campo do lado esquerdo e do Marega, porque a bola chegava com facilidade ao Salah. As coisas correram melhor na segunda parte, tivemos mais ocasiões e depois alguns casos que são discutíveis, mas vou deixar para vocês porque vou continuar fiel ao que disse e não vou comentar arbitragens. Se tive a oportunidade de rever os lances? Já tive.”

Via
Record

Artigos relacionados

Back to top button
Close
Close