FutebolMundial 2018World

Japão bate Colômbia reduzida a dez

O Japão impôs-se nesta terça-feira à Colômbia, por 2-1, no embate da primeira jornada do Grupo H do Campeonato do Mundo da Rússia, partida marcada pela expulsão do médio sul-americano Carlos Sánchez, aos 3 minutos, e pelo consequente penálti que a selecção nipónica soube potenciar, com Kagawa (6′) a não desperdiçar dos 11 metros e Yuya Osako (73′) a garantir a vitória depois de Quintero (39′) ter empatado.

Sem James Rodrigues no onze inicial, o seleccionador da Colômbia, José Pékerman, teve que rever todas as notas para um jogo que se complicou com uma hesitação defensiva de Davinson Sánchez, obrigando Carlos Sánchez a desviar a bola com o braço, lance sancionado pelo árbitro esloveno.

Pékerman precisou de 25 minutos para rectificar e equilibrar a equipa, sacrificando Cuadrado, acabando por ser compensado num livre de Quintero. Em estreia absoluta em fases finais de Campeonatos do Mundo, Radamel Falcao forçou a falta e o criativo do River Plate bateu por baixo da barreira, surpreendendo o guarda-redes japonês, impotente para evitar o empate.

Perante as circunstâncias difíceis, a Colômbia surgiu mais interessada em gerir os danos, retirando deste jogo de estreia um resultado que configurasse um mal menor. Mas os japoneses acreditaram que poderiam continuar a explorar a superioridade numérica e vingar a goleada de 4-1 de 2014, no Brasil, acabando por obter o golo da vitória na sequência de um canto em que Osako cabeceou no meio dos defesas colombianos, batendo Ospina e garantindo uma importante vitória face a um dos principais favoritos do Grupo H.

Fonte: Publico.

Origem
Publico

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close