Motores

Paulo Gonçalves sobe ao terceiro lugar no rali Rota da Seda

O piloto português Paulo Gonçalves (Hero) ascendeu esta segunda-feira ao terceiro lugar do rali Rota da Seda; segunda prova do Mundial de todo-o-terreno, após ter sido terceiro classificado na especial do dia.

no entanto,O piloto de Esposende gastou 2:21.20 horas para cumprir os 212 quilómetros cronometrados da etapa desenhada na floresta siberiana de Taiga; perdendo 50 segundos para o vencedor, o britânico Sam Sunderland (KTM).

“Esta segunda etapa já foi maior do que a da véspera; com os primeiros 75 quilómetros muito parecidos com o que encontrámos no dia anterior; com muitas poças de água, muitos perigos, muitas pedras cravadas no chão. Os últimos 130 quilómetros; pelo contrário, eram mais ao estilo do Mundial de ralis, na montanha, com o piso muito escorregadio”; descreveu o piloto português, em declarações à agência Lusa.

contudo,Paulo Gonçalves estava satisfeito com o desempenho, que lhe permitiu ganhar três posições após duas tiradas.

“Fiz uma boa especial. Consegui subir a terceiro da geral. Estou, obviamente, satisfeito. Foi um bom resultado para a equipa, que colocou dois pilotos no pódio. Estamos ainda no início; mas o objetivo é tentar fazer o melhor resultado possível a cada dia”, comentou o piloto da Hero; que ficou a apenas 11 segundos do companheiro de equipa, o espanhol Oriol Mena.

Na geral, Paulo Gonçalves está a 1.19 minutos do líder, o argentino Kevin Benavides, da equipa oficial da Honda; cujo diretor desportivo é o português Ruben Faria.

por fim,Na terça-feira, os pilotos enfrentam o troço mais longo da prova; com 691 quilómetros, que inclui uma especial cronometrada de 243 quilómetros, a 1.500 metros de altitude.

Via
Record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close