Motores

MIGUEL OLIVEIRA TERMINA GRANDE PRÉMIO DA HOLANDA EM SEXTO LUGAR

Piloto português, que partiu do 17.º lugar da grelha, conseguiu recuperar várias posições, até chegar ao sexto lugar, mas perdeu terreno para o líder do Mundial, o italiano Francesco Bagnaia (Kalex).

O português Miguel Oliveira (KTM) terminou hoje em sexto lugar o Grande Prémio da Holanda de Moto2, oitava prova do Mundial de motociclismo de velocidade.

O piloto de Almada, que partiu do 17.º lugar da grelha, conseguiu na primeira volta ao circuito de Assen recuperar várias posições, até chegar ao sétimo lugar, e depois sexto, mas perdeu terreno para o líder do Mundial, o italiano Francesco Bagnaia (Kalex).

O sexto lugar de hoje de Miguel Oliveira ‘repete’ a posição alcançada em França, na quinta corrida do Mundial, com o piloto a ter em oito provas cinco subidas ao pódio: terceiro nos Grande Prémios da Argentina e Américas, segundo em Espanha e no Qatar, e vencedor em Itália.

A posição alcançada hoje coloca agora o português no segundo lugar da classificação, a 16 pontos de Bagnaia, que hoje saiu do quarto lugar e acabou por conseguir a sua terceira vitória da época. O italiano tem 144 pontos e Miguel Oliveira 128.

À entrada para o Grande Prémio em Assen, o piloto luso estava a apenas um ponto da frente, mas a corrida acabou por replicar o que têm sido as dificuldades de Miguel Oliveira, que durante a época tem tentado recuperar ‘qualifyings’ menos bons.

Uma vez mais, o português teve que fazer uma corrida ‘de trás para a frente’, na tentativa de ‘cavalgar’ lugares para se aproximar da frente, objetivo que alcançou logo na primeira fase da corrida.

A sexta posição acaba, ainda assim, por resultar da desistência de Lorenzo Baldassarri.

Na categoria ‘rainha’ do motociclismo de velocidade, o bicampeão mundial Marc Marquéz (Honda) obteve a sua quarta vitória da época, numa corrida dominada por espanhóis, com Alex Rins em segundo e Maverick Viñales em terceiro.

Marquez lidera o campeonato do mundo, com 140 pontos, aumentando a vantagem para o italiano Valentino Rossi, com 99, depois de este ter terminado a corrida em Assen no quinto lugar.

Em Moto3, a liderança do Mundial passou para as ‘mãos’ do espanhol Jorge Martín (Honda), que venceu a corrida e beneficiou da queda na última volta do italiano Marco Bezzechi (KTM), na curva 10, e acabou por não pontuar.

Martín lidera agora o campeonato do Mundo, com 105 pontos, e Bezzechi caiu para a segunda posição, com 103.

Origem
Sapo Desporto

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close