BenficaFutsal

Batalha campal entre adeptos antes do jogo Braga-Benfica em futsal

Confrontos

Confrontos entre adeptos antes do Braga – Benfica levaram à intervenção da GNR, no sábado à tarde, junto ao complexo desportivo universitário minhoto. Não há registo de detidos.

Segundo o JN apurou, os incidentes começaram na Rua de Barros, em Gualtar, Braga, a cerca de 250 metros a nascente do Pavilhão da Universidade do Minho, inicialmente com insultos e ameaças, que descambaram numa batalha campal, com o arremesso de cadeiras das esplanadas desta rua, onde residem muitos estudantes universitários.

Os incidentes começaram junto aos vidrões da esquina entre a estrada municipal que faz a ligação de Gualtar a Adaúfe com a Rua de Barros, estendendo-se à zona das galerias, já acima do nível da rua, provocando prejuízos em lojas, cafés e ainda em mobiliário urbano.

As cenas de batalha campal começaram muito antes da partida, causando um clima de insegurança e pânico entre muitos dos seus residentes, numa zona que é habitualmente bastante clama

Uma secção do Destacamento de Intervenção do Comando Territorial da GNR de Braga interveio logo a seguir, em reforço dos “spotters” da Guarda Nacional Republicana, tendo dispersado os grupos em confronto, identificando alguns adeptos, segundo apurou o JN.

A GNR de Braga não fez qualquer comentário nem revelou, pelo menos para já, dados do caso, admitindo-se que o faça na segunda-feira aquando do balanço semanal operacional.

Os confrontos ocorreram antes do jogo entre o Sporting Clube de Braga e o Sport Lisboa e Benfica, das meias-finais da Liga Sport Zone, em futsal, que deu a vitória aos encarnados por 2-3.

Fonte: Jornal de Notícias.

Origem
Jornal de Notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close