FC PortoFutebol

Uribe reapareceu com a mira afinada e encontrou o caminho dos golos

Matheus Uribe foi uma das mais caras contratações do FC Porto no início da última temporada, tendo custado cerca de 9,5 milhões de euros aos cofres dos azuis e brancos. O ex-jogador dos mexicanos do CF America chegou a Portugal com a missão difícil de substituir Herrera, mas não acusou a pressão e foi mesmo uma das revelações do último campeonato.

Embora não tenha tanta influência no momento ofensivo, o médio colombiano rapidamente se adaptou à realidade do futebol europeu e mostrou-se um dos bastiões no processo defensivo dos campeões nacionais ao impedir inúmeros ataques aos adversários, mas também com muito critério no momento do passe.

Mas terminar um época com um golo marcado é manifestamente pouco para um jogador que, no México, era conhecido pela sua veia goleadora. Uribe prometeu recentemente melhorar no capítulo ofensivo, e a verdade é que a pré-temporada deste ano tem sido bem prova disso.

Depois de uma primeira época no FC Porto em que apenas fez o gosto ao pé por uma vez, no último jogo da temporada, diante do Sporting de Braga, encontro do qual até saiu lesionado, o internacional colombiano parece ter-se reencontrado com os golos na presente pré-época, sendo mesmo um dos melhores marcadores da equipa nesta fase de preparação a par de Tiquinho Soares.

Colômbia e México viram um Uribe goleador

Com missões mais ofensivas nesta altura da época, Mateus Uribe marcou três golos em sete jogos, o mesmo número que o colega de equipa. Rio Ave B e os primodivisionários Tondela e Nacional da Madeira foram as equipas que já sofreram golos do colombiano nesta pré-temporada, ele que parece ter regressado do período de férias com a mira afinada.

Ainda assim, estes são números que ficam aquém dos que o atual camisola 16 dos campeões nacionais apresentou nos últimos clubes que representou. Ao serviço do CF America, o internacional colombiano marcou 18 golos ao longo de três temporadas. A mais prolífera foi mesmo em 2017/18, a primeira no país norte-americano, na qual festejou um remate certeiro em 14 ocasiões. Em 2019, e antes de se mudar para o FC Porto, Uribe ainda foi a tempo de marcar um golo nos três jogos que disputou.

Mas esta veia goleadora não se ficou pelo México. Na Colômbia, país que o viu nascer para o futebol, Uribe disparou 31 golos em cinco anos que esteve nesta nação sul-americana. Foi no ano 2016 ao serviço do Tolima que o médio, de 29 anos, teve a segunda época mais produtiva da carreira com 10 remates certeiros, a que se seguiram dois bons anos no Atlético Nacional com mais oito golos.

O registo da última temporada só pode deixar desiludido Mateus Uribe, mas os dados apresentados nesta pré-temporada prometem um ano mais goleador para o camisola 16 do FC Porto.

Via
Noticias ao Minuto

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

Se clicar em ‘Consinto’ está a confirmar que leu a política de privacidade e que concorda que a MagnetikAlchemy trate os seus dados para:

ConsintoNão Consinto

ConsintoNão Consinto



Não se preocupe, se mudar de ideias, poderá retirar o seu consentimento a qualquer momento exercendo os direitos referidos na política de privacidade.