Futebol

Três ex-jogadores condenados a 38 anos de prisão por agressões sexuais

Caso ocorreu em Espanha e remonta a novembro de 2017.

Três ex-jogadores da Arandina CF (clube que milita atualmente na terceira divisão espanhola), acusados de agredir sexualmente uma menor de 15 anos, em novembro de 2017, na casa que partilhavam, foram então declarados culpados por um tribunal em Burgos.

Raúl Clavo, Carlos Cuadrado e Víctor Rodríguez foram assim condenados a 38 anos de prisão cada um; por agressão sexual e como cooperantes da agressão sexual dos outros dois acusados.

Desta forma condena-se a 14 anos pelo primeiro delito e a 12 por um cada dos outros dois, tratando-se assim de uma pena total de 114 anos. A que se junta um valor de indemnização de 50 mil euros; e entretanto a a proibição de qualquer tipo de comunicação para com a  vítima durante 10 anos.

Via
Noticias ao Minuto

Artigos relacionados

Back to top button
Close
Close