Futebol

Torcida Verde manifesta-se contra “balcanização” do Sporting

Claque diz que “a fragmentação da curva sul, sem os seus quatro GOA, não serve o clube nem os seus adeptos”

A Torcida Verde, um dos quatro Grupos Organizados de Adeptos (GOA) do Sporting, manifestou-se esta segunda-feira contra a “balcanização” do clube e apelou esta segunda-feira à união entre dois grupos de apoiantes e a direção ‘leonina’, que lhes retirou apoios.

“Sem querermos ter a presunção de fazer um apelo bacoco e politicamente correto à ‘união’; temos o dever de não contribuir para a ‘balcanização’ do Sporting”, escreve o grupo na sua página no Facebook; um dia depois de a direção do clube ter retirado o apoio à Juventude Leonina e ao Diretivo Ultras XXI.

Aliás, O grupo lembra que “a curva sul [lugar da bancada do Estádio José Alvalade onde estão as claques] é uma realidade composta por quatro GOA, com identidades diversas, unidos pela fidelidade verde e branca”.

Assim, A Torcida Verde considera que “a fragmentação da curva sul, sem os seus quatro GOA, não serve o clube nem os seus adeptos”, e assegura: “Queremos acreditar que este é um momento transitório que os valores do grande Sporting Clube de Portugal presentes em todos os intervenientes, dos quais fazemos parte, irão prevalecer”.

Certamente, O grupo assegura que quer dar um sinal objetivo de apelo à união, lembrando que tem “uma história; partilhada com esses dois grupos, centrada em milhares e milhares de quilómetros no apoio ao grande Sporting em diversas modalidades e nas circunstâncias mais difíceis”.

Via
record
Tags

Artigos relacionados

Back to top button
Close
Close