Sporting

“VAMOS MATAR-VOS!”, OUVIRAM OS JOGADORES DURANTE AS AGRESSÕES EM ALCOCHETE

Revista 'Sábado' revela partes do despacho do Ministério Público sobre a invasão à academia do Sporting.

A revista Sábado divulgou esta quinta-feira algumas partes da descrição feita pela procuradora do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) do Montijo sobre as agressões aos jogadores, equipa técnica e staff do Sporting na academia de Alcochete, na tarde de terça-feira.

A publicação dá conta do que foram os 30 minutos de terror vivido no balneário e que incluiu ameaças, agressões, e lançamentos de tochas.

“Vocês são uns filhos da p…, cabrões! Vocês são um monte de merda! Vamos matar-vos! Vocês estão f…! Vamo-vos arrebentar a boca toda! Não ganhem no domingo que vocês vão ver”!, escreve a ‘Sábado’.

“Os arguidos atingiram fisicamente o jogador Bas Dost, atingindo-o com um cinto na cabeça e com pontapés em diversas partes do seu corpo”, pode ler-se no despacho do MP, que refere ainda que Jorge Jesus foi agredido “com um cinto na zona da face” e com pontapés “em diversas partes do seu corpo”.

“Aí chegados (ao balneário onde estavam os jogadores), surpreenderam todos os jogadores e elementos da equipa técnica e, bloqueando as respetivas saídas, impediram a saída daqueles do local, (…) tendo aí arremessado quatro tochas, com a intenção de os amedrontar, intimidar e atingir fisicamente, obstando à saída dos mesmos do local”, refere ainda o documento.

Origem
Sapo Desporto

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close