FC PortoFutebolSporting

Sporting-FC Porto: rescindir com o mau passado


Rivais encontram-se este sábado em Alvalade

Embora em circunstâncias e por motivos diferentes.
Contudo o verão dramático de 2018 que o Sporting viveu e do qual ainda tenta sarar feridas.
Certamente não é um caso virgem em Portugal no que diz respeito aos efeitos no plantel, leia-se, rescisões de jogadores. Em vésperas de um clássico, em Alvalade contra o FC Porto.
No entanto, O JOGO recorda-lhe aqui como os dragões viveram uma situação parecida no verão quente de 1980.
da qual, curiosamente, viriam a reerguer-se bem mais fortes. E se o FC Porto já teve a sua fénix a renascer das cinzas, o Sporting está no processo…

Após a crise portista, o FC Porto arrancou a época seguinte contra o rival deste sábado, em jogo para o campeonato, também em Alvalade, e saiu vitorioso, mas acabaria por ser uma temporada de seca a nível de títulos. No Sporting, há meio ano, quando o clube navegava já em águas turbulentas com instabilidade constante, uma derrota na Madeira com o Marítimo que ditou o adeus aos milhões da Champions levou a acontecimentos ainda por explicar (o caso está em tribunal e mete acusações de terrorismo), protagonizados por adeptos afetos à claque Juventude Leonina: invasão da Academia que gerou um caos que redundou na rescisão de nove atletas, na saída do técnico Jorge Jesus e na destituição (e detenção) do presidente Bruno de Carvalho.

Origem
O Jogo
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close