FutebolSporting

Miguel Braga critica suspensão de Amorim e lembra processo a Conceição

Miguel Braga, responsável de comunicação do Sporting, reagiu nas redes sociais à suspensão, conhecida esta terça-feira, de 15 dias imposta a Rúben Amorim pelo Conselho de Disciplina da FPF.

Em duas publicações na rede social Twitter, o dirigente leonino criticou o castigo imposto ao técnico, salientando que “o treinador afirma que não disse o que está no relatório”, e lembrou ainda o processo disciplinar levantado a Sérgio Conceição pelos incidentes com Paulo Sérgio no jogo entre Portimonense e FC Porto.

“Sérgio Conceição trocou uns mimos em Portimão e foi aberto um processo disciplinar. Quase que aposto que o mesmo deverá estar concluído no final de maio e o castigo de 30 dias deverá ser cumprido nas férias. É esta a justiça do futebol português”, escreveu Miguel Braga.

Recorde-se que Rúben Amorim foi suspenso por quinze dias pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, isto depois de ter sido expulso no encontro do passado domingo diante do Famalicão. O mapa de castigos revelado esta terça-feira indica ainda que o treinador do Sporting terá de pagar uma multa de 6 375 euros por causa de palavras dirigidas à equipa de arbitragem dirigida por Rui Costa.

O juiz da Associação de Futebol do Porto escreveu no seu relatório que Rúben Amorim “foi considerado expulso por palavras injuriosas dirigidas à equipa de arbitragem, proferidas no final do jogo, tendo dito: ‘Vai para o c.., vai-te f…, conseguiste o que querias”.

Via
Noticias ao Minuto

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo