Sporting

Ataque à Academia de Alcochete

Bruno de Carvalho presente no Campus de Justiça

2h24 – O advogado de João Aníbal Gonçalves afirmou que foi Jorge Jesus e não Bruno de Carvalho quem autorizou a entrada dos adeptos na Academia de Alcochete.

11h48 – O advogado Melo Alves falou aos jornalistas: “Se porventura o tribunal me der razão, a acusação tinha de cair toda. Fim da prisão preventiva? Digo isso não só pela família, mas por razões técnicas. Neste momento já não se justifica os arguidos estarem em prisão preventiva. Neste momento a família sportinguista está dividida e questiono se, tendo várias pessoas presas, isso não contribui para que se divida ainda mais”.

11h44 – Há agora uma pausa na sessão. Bruno de Carvalho vem fumar ao exterior.

11h43 – Já falou o advogado de Elton Camará.

11h07 – Assim, Carlos Melo Alves, advogado de Emanuel Calças, apela à emoção do juiz. Lembra que há muitas famílias presentes e que são arguidos muito jovens.

10h58 – Assim, Miguel Fonseca, advogado de Bruno de Carvalho, mostra-se indignado porque, garante, não teve acesso às novas provas anexadas – terá pedido uma versão digital. O juiz responde que o advogado pode ir ao tribunal do Barreiro consultar o processo, como fizeram outros advogados.

10h57 – Assim, fala agora Melo Alves, advogado de vários arguidos. Refere ter ficado chocado com a atitude da procuradora.

10h48 – Assim, o advogado de Mustafá fez um pedido de libertação imediata do líder da Juve Leo.

10h37 – Segundo a CMTV, a sessão ainda não começou e deve prolongar-se para a tarde, dado o elevado número de arguidos. Recorde-se que a procuradora Cândida Vilar não estará presente, mas sim representada, pois está de férias.

10h02 – A irmã de Bruno de Carvalho, Alexandra Carvalho, chegou às instalações pouco depois do ex-dirigente leonino.

Via
record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close