Futebol

Sporting começar a ‘transformar’ Gonzalo Plata

embora,chegou a Portugal no início de março e apenas foi opção na equipa de Sub-23;mas Gonzalo Plata assume que os poucos meses que passou no Sporting bastaram para mudar bastante no seu estilo de jogo; Nos leões apurou a sua eficácia nos livres diretos (agora até bate com o estilo de preparação de Cristiano Ronaldo); mas a grande diferença passou pela forma como agora encara as suas tarefas defensivas.

“O que mais aprendi foi a marcação. Em Portugal pedem-me muito mais compromisso, seja a recuperar ou a ajudar a recuperar a bola. Tento aplicar essas ideias aqui no Mundial.

Ainda assim, Plata assume que ainda não conseguiu dar o seu melhor, muito por culpa das dificuldades na adaptação. “Sinto que falho em algumas coisas e não dou tudo de mim nos treinos; Fala todos os dias com a sua mãe, especialmente nos dias prévios aos jogos, em conversas que podem durar até uma hora e onde também pede à sua progenitora alguns conselhos culinários, aproveitando o facto de esta ser dona de um restaurante. “Cozinho, mas não sou lá muito bom. Pedi ao Sérgio [pessoa que o está a ajudar em Portugal] para contratar alguém para que trate das limpezas e da cozinha”, disse o jovem de 18 anos, que sobre o balneário leonino destaca a boa disposição dos sul-americanos, especialmente os brasileiros.

“Cozinho, mas não sou lá muito bom. Pedi ao Sérgio [pessoa que o está a ajudar em Portugal] para contratar alguém para que trate das limpezas e da cozinha”, disse o jovem de 18 anos, que sobre o balneário leonino destaca a boa disposição dos sul-americanos, especialmente os brasileiros.Plata, refira-se, soma dois golos em quatro partidas realizadas no Mundial de Sub-20, sendo uma das esperanças da sua seleção para o duelo com os Estados Unidos, marcado para as 16:30 de sábado, no qual os sul-americanos vão procurar o acesso às meias-finais da prova.

Tags

Artigos relacionados

Back to top button
Close
Close