BenficaFutebol

‘Servir o Benfica’ exige a “renúncia imediata” do presidente da MAG

O movimento ‘Servir o Benfica‘ emitiu, ao início da tarde desta quinta-feira, um comunicado no qual exige a “renúncia imediata do Senhor António Pires de Andrade ao cargo” de presidente da Mesa da Assembleia Geral do clube da Luz.

O grupo de sócios encarnadas recorda que o dirigente em causa assumiu, “no dia 29 de junho de 2021”, o “compromisso de agendar para o mês de julho” uma Assembleia Geral Extraordinária. No entanto, “tal compromisso falhou”.

“Os prazos estatutários não permitem que a reunião de Assembleia Geral Extraordinária seja marcada durante o corrente mês. A impossibilidade de cumprir a palavra dada aos sócios do clube foi motivo para a renúncia do Professor Doutor Rui Pereira ao cargo”, pode ler-se.

“O Exmo. Senhora António Pires de Andrade, ao não convocar a reunião extraordinária requerida, está a faltar à palavra aos sócios, a impossibilitar o seu direito de exercício de direitos e a desrespeitar os estatutos cuja sua principal missão é fazer cumprir”, prossegue.

“A ausência de justificação para estas atitudes e decisões, o silêncio relativamente a qualquer impedimento levantado pela direção ou autoridades de saúde e a quebra de diálogo estabelecido previamente entre o Servir o Benfica e a Mesa da Assembleia Geral consistem agravantes censuráveis”, acrescenta.

A termina, o ‘Servir o Benfica’ ameaça com “uma eventual disputa judicial que, não sendo desejada, se afigura cada vez mais inevitável”.

Via
Noticías ao Minuto

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo