FC PortoFutebol

Sérgio Conceição lamenta “alarido” por palavras no final do Clássico

Sérgio Conceição lamentou, esta terça-feira, o “alarido” causado com as palavras que o próprio proferiu após o empate a duas bolas com o Sporting, em Alvalade, no Clássico da quarta jornada do campeonato nacional.

O treinador avisou que quem não entendesse “a identidade do FC Porto” não poderia fazer parte do plantel. Palavras que, em véspera de defrontar o Manchester City, para a jornada inaugural da Liga dos Campeões, classificou de “básicas”.

“Não foi nada demais. Toda a gente entende a exigência do FC Porto e as características deste clube que me definem a mim como treinador. Eu estranho é fazerem um alarido tão grande de algo que eu disse tão básico e normal”, atirou.

Sérgio Conceição aproveitou, ainda, para tecer rasgados elogios a Pepe (jogador ao lado do qual anteviu a visita aos ingleses), que considera “um excelente profissional, um homem de balneário e um grande atleta”.

“Continuar a sê-lo aos 37 anos é preciso mais do que duas horas de treino no Olival. Antes do treino, depois do treino, antes de dormir, depois de acordar… É um grande profissional e tem uma dedicação enorme ao clube e aos companheiros”, referiu.

Via
Noticias ao Minuto

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo