Futebol

SAD considera interdição do Estádio Afonso Henriques “injusta e ilegal”

Minhotos vão recorrer do castigo imposto pelo CD da FPF e apresentar uma providência cautelar para suspender a decisão

A SAD do V. Guimarães considera “ilega e injusta”. A decisão do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol em interditar o Estádio Afonso Henriques por um jogo. Tudo por causa da introdução de materiais pirotécnicos na bancada sul do recinto vitoriano no desafio frente ao Sp. Braga, referente à 1ª volta, e vai então recorrer da deliberação do organismo.

A reação através de um comunicado oficial também dá conta do desconhecimento da administração da introdução do material pirotécnico na partida disputada no final de outubro, bem como apresenta um recurso por intermédio de uma providência cautelar capaz de suspender imediatamente a decisão.

Via
Record

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo