FC PortoFutebol

Prosegur reage após alegadas revistas abusivas no clássico

I Liga

FC Porto apresentou uma queixa nas instâncias desportivas por alegadas revistas abusivas aos adeptos portistas.

O FC Porto apresentou uma queixa nas instâncias desportivas por alegadas revistas abusivas aos adeptos portistas à entrada no estádio da Luz, antes do clássico com o Benfica. Na sequência deste caso, duas adeptas do clube apresentaram queixas formais na esquadra da PSP de Carnide contra as forças de segurança que monitorizaram a entrada dos adeptos portistas. Em causa, alegados abusos e agressões dos stewards que efetuaram a revista.

Esta quarta-feira, a Prosegur, empresa de segurança privada responsável pelas revistas, emitiu um esclarecimento. “A Prosegur condena todo e qualquer comportamento que possa ser encarado como abusivo ou atentatório das liberdades individuais de todos os cidadãos. Sublinhamos que a conduta dos nossos colaboradores, nas diversas áreas de atuação da Prosegur é, e sempre foi, pautada pelo máximo profissionalismo e merecedora de elogios em múltiplas ocasiões, nomeadamente em eventos desportivos nacionais e internacionais”, pode ler-se.

“As acusações agora feitas serão, seguramente, averiguadas pelas autoridades competentes, pelo que a Prosegur acompanhará com a máxima colaboração o desenrolar das diligências necessárias para o apuramento da verdade dos factos”, refere ainda.

Fonte: O Jogo.

Origem
O Jogo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close