FC PortoFutebol

Pinto da Costa recusa reunir com operadoras após ser chamado de “traidor”

A reunião que juntou, na quinta-feira, os presidentes dos 18 emblemas que competem no principal escalão do futebol português e o líder da Liga Portugal, Pedro Proença, ‘aqueceu’ e foi, inclusive, palco de uma troca de ‘galhardetes’ entre Pinto da Costa e Carlos Pereira.

De acordo com informações veiculadas pelo jornal Record, o responsável máximo do FC Porto terá feito saber que não irá acompanhar os homólogos de Benfica e Sporting num encontro com as operadoras televisivas.

Pinto da Costa terá explicado que não gostou de ser chamado de “traidor” após ter marcado presença numa outra reunião, onde estiveram Luís Filipe Vieira, Frederico Varandas, Fernando Gomes, Tiago Craveiro, Pedro Proença e António Costa, para discutir a retoma da I Liga.

O alvo desta afirmação foi o líder do Marítimo, que, acrescenta a mesma publicação, terá tentado esclarecido o contexto do qual essa expressão foi retirada, o que não serviu, no entanto, para dissuadir o presidente dos dragões.

Outro dos momentos quentes da noite teve como protagonista o presidente do Sporting de Braga, António Salvador, que terá tecido duras críticas a Pedro Proença, que, no final da reunião, acabaria por colocar o lugar à disposição na Assembleia Geral do próximo dia 9 de junho.

Via
Noticias ao Minuto

Artigos relacionados

Back to top button
Close
Close