FC PortoFutebol

“Não quero focas de circo, quero jogadores de futebol”

Sérgio Conceição era um treinador satisfeito após o triunfo do FC Porto diante do Marseille (3-0), arrecadado na noite de terça-feira e relativo à 3.ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. O treinador português destacou, em conferência de imprensa, os números de Moussa Marega, a quem já tinha deixado elogios na flash interview, e também sublinhou a coesão defensiva. 

“Foi um bom jogo da nossa parte, a equipa esteve bastante organizada, a saber o que queria do jogo, a perceber a forma como o adversário podia causar problemas. Criámos ocasiões até para sair com um resultado diferente. Foi uma equipa agressiva, no momento em que faz pressão e até na saída para o ataque, sendo o terceiro golo exemplo dessa agressividade ofensiva”, começou por dizer Sérgio Conceição, prosseguindo.

“Hoje demonstrámos em muitos momentos que jogámos muito bem. Olhamos para o Marega e dizemos que não é um jogador bom tecnicamente, mas, depois, olhamos para os números e vemos que em três anos fez quase 70 golos no campeonato e em 18 jogos na Liga dos Campeões tem quase um golo em cada dois jogos. Não quero focas de circo, quero jogadores de futebol”, explicou o treinador do FC Porto. 

Questionado sobre as contas dos dragões na fase de grupos da Champions, em que soma seis em nove possíveis, Sérgio Conceição admite que “está tudo por decidir” e que os dois jogos fora serão “muito difíceis”. 

Via
Noticias ao Minuto

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo