FutebolInternacionalMundial 2018World

Marcelo sofreu em Moscovo mas acredita que o próximo jogo vai ser melhor

O Presidente da República declarou nesta quarta-feira ter sofrido muito em Moscovo ao assistir ao Portugal-Marrocos, que a selecção portuguesa venceu por 1-0, e considerou que o próximo jogo tem de ser e vai ser melhor.

“Sofri muito. Eu acabei de dizer aos jogadores uma coisa tão simples como isto: Marrocos é uma boa equipa, perdeu com o Irão por azar, hoje não tinha nada a perder e, portanto, jogou tudo. Tinha aqui mais de 20 e tal mil pessoas, portanto, o estádio estava mais para o lado de Marrocos”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

Em declarações à SIC, no final do jogo, em Moscovo, o chefe de Estado acrescentou: “Portugal tem de se convencer de que é campeão da Europa. A bola não queima. Demos um passo importante e agora no próximo jogo temos de entrar em campo para ganhar, mesmo que o empate chegue, para ganhar”.

“Foi isso que eu disse. E depois, claro, felicitei o Rui Patrício por aquela defesa do outro mundo e o Cristiano Ronaldo pelo golo no momento adequado. É bom que marquemos nos primeiros cinco minutos, dá outra segurança”, completou.

Segundo o Presidente da República, apesar do sofrimento partilhado por milhões de portugueses – “eu sofri que me fartei, sofremos todos” – o importante é que “este passo está dado” e os jogadores “estão muito motivados”.

“Realmente, há dias em que corre muito bem e há dias em que corre menos bem. Mas, no fim senti, pela forma como aderiam às minhas palavras, que eles próprios são os primeiros a perceber que o próximo jogo tem de ser melhor do que este”, relatou.

Marcelo Rebelo de Sousa mostrou-se confiante na melhoria da prestação da selecção portuguesa no terceiro e último jogo da fase de grupos, contra o Irão treinado pelo português Carlos Queiroz, na segunda-feira: “Não basta ganhar, tem de ser melhor do que este – e vai ser melhor do que este”.

Questionado sobre quando voltará à Rússia para ver ao vivo a selecção portuguesa, o chefe de Estado referiu que no próximo jogo estará o primeiro-ministro, António Costa.
“Eu volto, em princípio, nos oitavos de final”, adiantou.

A equipa portuguesa, campeã europeia em título, integra o Grupo B da fase final do Campeonato do Mundo de Futebol de 2018, disputado na Rússia, e no primeiro jogo, no dia 15, empatou com Espanha 3-3.

No palco do RiR

Enquanto isso, em Lisboa, a revista Blitz revelou que o Presidente da República subirá ao palco do Rock in Rio para participar numa homenagem a Zé Pedro, o guitarrista dos Xutos e Pontapés que morreu a 30 de Novembro. Além de Marcelo Rebelo de Sousa, também Ferro Rodrigues, Francisco Louçã e Catarina Martins se juntarão aos familiares e amigos de Zé Pedro.

“O Presidente da República subirá ao Palco Mundo para fazer coro no tema ‘A Minha Casinha'”.

Fonte: Publico.

Origem
Publico

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close