Internacional

RONALDO E A SAÍDA DO REAL MADRID: UMA NOVELA COM FIM À VISTA

Há muito que se noticia a vontade do jogador português deixar o futebol espanhol. Agora essa saída pode estar para breve.

Cristiano Ronaldo pode mesmo deixar o Real Madrid este verão e deixar para trás Espanha para rumar a Itália, mais precisamente a Turim, mais precisamente ainda à Juventus. Segundo a imprensa italiana, a Juve quer o melhor jogador do mundo e Ronaldo admite mesmo trocar o Real Madrid para jogar na Serie A.

O internacional português está no Real Madrid há nove anos. Já ganhou quatro Ligas dos Campeões, três Supertaças Europeias, três títulos de campeão do mundo de clubes, duas ligas espanholas, duas Taças de Espanha e duas Supertaças de Espanha. Agora, Ronaldo pode estar pronto para fechar este capítulo.

Segundo ‘A Bola’, as conversações entre Ronaldo e a Juventus até já começaram e, embora seja um negócio complexo, pode mesmo vir a acontecer. A duração do contrato pode variar entre três a quatro épocas, com a idade de Ronaldo – 33 anos –  a não ser um entrave para os italianos devido à condição física do jogador.

A Juventus quer Ronaldo, Ronaldo admite querer a Juventus, mas há ainda uma terceira parte neste acordo, o Real Madrid. O jogador português é a figura principal do plantel merengue e não vai ser fácil deixá-lo sair. Mas, nos últimos anos, a relação entre o jogador e o clube tem sofrido algumas mudanças e Ronaldo considera que a Direção de Florentino Pérez o trata com indiferença.

O futebol italiano seria então uma oportunidade de Cristiano deixar Espanha e continuar a jogar a alto nível. Mas, pela frente, está a cláusula de rescisão do melhor jogador do mundo que até há pouco tempo estava fixada em mil milhões de euros. No entanto, o ‘OK Diário’ revelou recentemente que em janeiro deste ano, Ronaldo e o Real Madrid chegaram a acordo para baixar a cláusula do jogador de modo a facilitar a sua saída.

Esta adenda ao contrato de Cristiano estabelece que a cláusula de 120 milhões é liberatória, ou seja, só pode ser ativada para uma transferência, e não uma cláusula de rescisão unilateral, essa continua no valor original. No entanto, há dois clubes a quem esta descida de valores não se aplica: o rival Barcelona e o Paris-Saint Germain. Se um destes clubes quiser contratar Ronaldo, vai ter de pagar o valor total da cláusula.

Origem
Sapo Desporto

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close