FutebolInternacional

Muitos milhões, três jogadores do Real e Griezmann: assim pode acabar Neymar no Bernabéu

Florentino Pérez não desiste do sonho e uma conjugação de fatores pode ditar negócio

O sonho de Florentino Pérez de contratar Neymar continua bem vivo. O diário ‘As’ faz esta quinta-feira um exercício que junta este interesse ao do PSG em três jogadores dos merengues. O resultado pode ser um negócio astronómico mas equilibrado para os dois clubes. Sendo que a chave para tudo isto passa por Antoine Griezmann.

O avançado francês já disse que está de saída do Atlético Madrid. Na ‘pole position’ para garantir os seus serviços está o Barcelona. Mas também o PSG pode avançar com os 120 milhões da cláusula, que baixa para este valor a partir de julho.

Ora, na terça-feira o jornal ‘Le Parisien’ explicou que o presidente dos parisienses, Al Khelaifi, pretendia avançar com 210 milhões de euros para contratar de uma só vez Kroos, Isco e Bale. Curiosamente, se a este valor somarmos os 120 milhões de Griezmann, dá um total de 330 milhões de euros. Um preço fixado no passado recente quando o Real perguntou por Neymar. Assim, caso os merengues estivessem disposto a pagá-lo, as contas equilibravam-se em Paris e o fantasma do fair play financeiro seria afastado.

Salário é problema no Bernabéu

Florentino Pérez ficou então conhecido como o pai da equipa de galáticos que marcou uma era em Madrid. Agora, disposto então a investir novamente em força para trazer de volta o sucesso desportivo; que lhe escapou esta temporda em todas as frentes; o presidente dos merengues depara-se no entanto com um grave problema: as pretensões salariais de Neymar.

É que o brasileiro ganha qualquer coisa como 37 milhões de euros líquidos no Parque dos Príncipes. Mais do dobro do que aufere Gareth Bale, um dos, se não o jogador mais bem pago no Real Madrid (14,5 milhões).

Além desta contrariedade, Florentino enfrenta ainda a opinião dos adeptos, que torcem o nariz à contratação – ainda para mais dispendiosa – de um jogador que ganhou nome no grande rival Barcelona. Internamente, o diário ‘As’ relata que também Zidane não está convencido da mais-valia em ter Neymar no plantel. O ego do craque poderia assim desequilibrar a harmonia no balneário.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close