FutebolInternacional

Guardiola fala em mão de Llorente: «De um certo ângulo vê-se que é falta por mão na bola»

Manchester City eliminado da Champions após jogo de loucos com o Tottenham

Pep Guardiola elogiou a equipa e considerou o resultado difícil de engolir. “Foi muito duro, cruel, mas temos que aceitá-lo. Marcámos os golos que necessitávamos. Estivemos tão perto das meias-finais. O fora-de-jogo a Sterling é bem assinalado, mas o golo de Llorente parece-me um erro. De um certo ângulo, vê-se que é falta por mão na bola”, destacou o técnico do City.

Pochettino qualificou os jogadores de “heróis”. “É por isto que adoramos o futebol. Aconteceu de tudo, mas tivemos grande personalidade”, frisou o treinador do Tottenham, enquanto Eriksen respirou de alívio por o golo de Agüero, nascido de um passe seu errado, ter sido anulado:”Sinto-me um dos homens mais sortudos do Mundo.”

Son nunca vira situação idêntica

O sul-coreano Son foi uma peça chave para que o Tottenham eliminasse o Manchester City ao apontar o golo da vitória em Londres e bisar na visita ao Etihad. Ainda assim, o avançado dos spurs preferiu destacar a partida incrível que tinha acabado de experienciar em Manchester. “Nunca vi algo assim na minha vida. Foi um encontro duro e completamente de loucos, mas estamos tão orgulhosos com o desfecho. Às vezes, ficamos contra o VAR, mas hoje agradecemos pela decisão final. Lutámos durante os 90 minutos. Mostrámos um grande caráter”, reiterou Son na análise à passagem às meias-finais.

Via
Record

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo