BenficaFutebol

Gomes da Silva aconselha Vieira: da troca dos bons pelos maus ao “betão disfarçado com relva”

Antigo vice-presidente constata a “inexistência de um projeto europeu” na Luz e aponta soluções

Rui Gomes da Silva dedicou boa parte da habitual crónica semanal que assina blogue ‘Novo Geração Benfica’ ao afastamento do Benfica da Liga Europa. Às mãos do Eintracht Frankfurt. Voltando então a constatar a “inexistência de um projeto europeu” no clube. O antigo vice-presidente dos encarnados deixou ainda três sugestões para as águias poderem “voltar a sonhar com a Liga dos Campeões”.

“A única confirmação que nos trouxe o resultado de Frankfurt foi a inexistência de um projeto europeu no Benfica! Com excepção – como já afirmei – da época de 2013/2014, no Benfica não há projeto europeu! Apesar de, depois de algumas vitórias, a ‘estrutura’ se multiplicar em declarações nesse sentido todos nós percebemos que isso serve para enganar quem quer ser enganado! Não há capacidade – entre quem lá manda agora – para voltar a projetar um verdadeiro Benfica europeu!”, começou por constatar Gomes da Silva.

“Para podermos voltar a sonhar com a Liga dos Campeões teremos de não vender ninguém e investir em 4 ou 5 grandes jogadores!”, avisou, deixando três sugestões: “Não vendam os bons nem os troquem por maus; não voltem a comprar os que não serviram da 1.ª vez; não invistam em betão mesmo que disfarçado com relva por cima. Porque, assim, não se consegue. Ou melhor consegue-se começar a época em 15.º e acabar em 21.º no ranking da UEFA. Esse será o Benfica europeu de que falava o atual presidente.” 

Via
Record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close