BenficaFutebolSporting

GNR com 500 militares destacados para jogo de risco elevado

Haverá também “um drone a apoiar o policiamento e a tomada de decisão”

Cerca de 500 militares da GNR vão garantir a segurança da Supertaça, jogo que decide no domingo o primeiro título de 2019/2020. No estádio Algarve e é classificado de “risco elevado”.

Assim, numa conferência de imprensa, em Loulé, o major Bruno Rodrigues, da comunicação e relações públicas da GNR. Disse aos jornalistas que tudo está a postos para garantir a segurança para o dérbi de domingo entre o Benfica, campeão nacional. E o Sporting, vencedor da Taça de Portugal, cujo dispositivo começará ainda hoje a ser posto em prática.

Então, “A GNR vai iniciar hoje a operação de segurança, dada a previsão de muitos adeptos se deslocarem ao longo do dia para o Algarve. Temos de ter em consideração que estamos num período de veraneio. E alguns já se encontram na região a gozar um período de férias”. Afirmou o oficial da Guarda Nacional Republicana.

Bruno Rodrigues adiantou que vão participar na operação militares dos Comandos Territoriais de Setúbal, Beja e Faro, com valências “de Trânsito. Investigação Criminal e Intervenção” e elementos da “cinotecnia. Da ordem pública, operações especiais, inativação de engenhos explosivos” e “patrulhamento a cavalo”.

Assim, a GNR vai ter também “um drone a apoiar o policiamento e a tomada de decisão”. Na “monitorização dos principais eixos rodoviários. De acesso ao estádio, assim como o afluxo de pessoas”, destacou o militar.

Via
record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close