Futebol

Garrafas de vidro proibidas na Avenida dos Aliados

A entrada de garrafas de vidro no perímetro da Avenida dos Aliados; no Porto;vai estar proibida para minimizar o risco de incidentes durante a final; entre Portugal e a Holanda da Liga das Nações.

Numa conferência de imprensa convocada para o início da tarde de este sábado; no Centro de Gestão Integrada do município do Porto; o superintendente da PSP; Mário Pereira, explicou que a decisão foi tomada em conjunto com a Câmara Municipal do Porto; depois de alguns excessos cometidos pelos adeptos ingleses.

“A experiência mostra-nos que o vidro potencia alguns riscos e excessos, pelo que foi considerado um fator de risco; uma vez que tem potenciado desacatos. Assim, consideramos, que seria de todo interessante; nos locais de concentração maciça e pessoas, se pudesse eliminar esse fator de risco e minimizar o risco”, explicou.

ainda assim,O presidente da Câmara do Porto; Rui Moreira, acrescentou que a experiência acumulada na gestão de eventos como este; no caso particular das Festas de São João e da Passagem de Ano; mostra que são recolhidas cerca de 17 toneladas de vidro do chão; o que para além do impacto ambiental grande que tem, representa também um fator de risco acrescido.

“Houve outras cidades; e podemos falar no caso de Lisboa que já criou um conjunto de inibições relativamente ao transporte deste tipo de bebidas para os locais; onde estes acontecimentos decorrem; nós não o temos feito; mas esta é uma boa oportunidade também para testarmos a eficiência e como é que as pessoas reagem a isto. Neste caso, fazemo-lo porque houve incidentes que recomendam mesmo que nós o façamos”, concluiu

Via
Record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close