FC PortoFutebol

Francisco J. Marques: «99% dos emails que recebi eram lixo ou informação pessoal»

Diretor de comunicação do FC Porto ouvido em tribunal

Francisco J. Marques garantiu desconhecer quem lhe enviou os emails do Benfica que acabaria por revelar no Porto Canal. Na sua audição, esta quarta-feira, na 5.ª e última sessão do julgamento da ação do Benfica contra o FC Porto devido à divulgação da correspondência eletrónica encarnada, o diretor de comunicação dos dragões explicou então como tudo se processou.

“Não sei quem me enviou os emails, se era homem, mulher, novo ou velho. Troquei emails com essa pessoa e tratei de avaliar se a informação era fidegigna. Cruzei com a cartilha e com o que muitos comentadores televisivos diziam”, começou então por dizer, acrescentando que recebeu emails em três ‘levas’, entre abril e junho de 2017, mas ressalvando: “99 por cento dos 19 gigabytes que recebi eram lixo ou informação pessoal que não revelámos.”

J. Marques explicou ainda que “comunicou à SAD do FC Porto mas que a divulgação” dos emails partiu de si e de Diogo Faria. “Para além dos emails, [o pirata informático] disse-me que tinha coisas complicada sobre a justiça”, revelou o diretor de comunicação dos campeões nacionais.

Refira-se que nos próximos 10 dias os advogados terão de fazer as alegações finais. A sentença será proferida até 20 de maio.

Via
Record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close