FutebolSporting

Ex-líder da Juve Leo ameaçou Acuña na Madeira e deixou aviso para ataque

Noticias ao Minuto

Os ataques feitos na última terça-feira à Academia do Sporting, em Alcochete, que resultaram em agressões a jogadores e elementos da equipa técnica dos leões, terão sido planeados na Madeira, logo após o encontro com o Marítimo, da última jornada, que o clube de Alvalade perdeu, por 2-1, deixando assim escapar o segundo lugar. Esta informação é avançada pelo Diário de Notícias da Madeira, que faz mesmo manchete com o tema na edição desta sexta-feira.

De acordo com o jornal insular, o ex-líder da Juve Leo terá gritado bem alto no Aeroporto da Madeira, no domingo à noite, antes do regresso a Lisboa: “Acuña! Vemo-nos em Alcochete na terça-feira.”

Este caso, segundo o DN Madeira, está descrita no relatório da equipa de segurança que acompanhava a comitiva leonina na visita à Madeira e terá sido reportada às forças de segurança, já em Lisboa.

Recorde-se que a chegada a Lisboa acabou por ser nada pacífica, com cerca de meia centena de adeptos a assobiarem e criticarem a equipa. Só com a intervenção das autoridades é que os jogadores conseguiram sair do estádio em segurança.

Fonte: Notícias ao Minuto.

Origem
Notícias ao Minuto

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close