FC PortoFutebol

Encaixe na ordem dos 155 milhões a caminho do Porto

Saídas no Porto vão gerar enorme encaixe financeiro

A anunciada metamorfose do plantel vai então concretizar-se muito provavelmente num dos maiores encaixes financeiros do futebol português numa única janela de transferências. A SAD poderá assim receber algo como 155 milhões de euros pelas transações de Éder Militão, Felipe, Alex Telles e Marega. Excluindo-se naturalmente aqui os casos particulares de Herrera e Brahimi.

O primeiro encaixe milionário já garantido é de 50 milhões de euros; valor pelo qual já foi então assinada a transferência de Éder Militão para o Real Madrid. O segundo deve acontecer através de Felipe; como o nosso jornal já noticiou, a caminho do Atlético Madrid a troco de 25 milhões de euros.

Num segundo plano, ainda em fases mais embrionárias; surgem os dossiês relativos a Alex Telles e Marega. Tanto o brasileiro como o maliano têm os respetivos contratos protegidos por cláusulas de 40 milhões de euros; sendo que, por um lado, esta é uma fasquia da qual a SAD não abdica. Por outro, o mercado estará disposto a alcançar. O grosso dos potenciais ganhos é este; sendo natural que o FC Porto venha ainda a receber mais alguns milhões de euros através de emprestados como Mikel ou Chidozie.

Por fim, diga-se que o Benfica, que detém o recorde nacional de encaixes (135 M€ em 2017), pode este verão ‘aumentar a parada’. Sobretudo através de João Félix.

Via
Record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close