FutebolInternacional

“É fácil culpar o Cristiano, mas foram os colegas que o traíram”

Paulo Futre concedeu uma entrevista à pagina da Fanpage, onde abordou a saída de Cristiano Ronaldo da Juventus para o Manchester United, a ida de Mourinho para AS Roma e lançou também o duelo entre AC Milan e Atlético de Madrid, desta terça-feira, e que marca também o confronto entre dois lusos: Rafael Leão e João Félix

Sobre a saída de Ronaldo:  É fácil culpar o Cristiano, mas nos dois anos anteriores contra o Ajax e contra o Lyon ele tinha marcado, cumprindo o seu dever. Foram os companheiros de equipa que o traíram. No primeiro ano na Juve também tinha marcado um hatttrick contra o Atlético, adiando a saída da Juve da Champions. Mas culpá-lo é simples, como aconteceu com Messi no Barcelona pelas eliminações contra Roma e Liverpool.

Mourinho na AS Roma: É um desafio, como foi o seu primeiro ano no FC Porto, e também um pouco como o Chelsea. Só um louco poderia reivindicar a vitória imediata. O projeto de Mourinho na Roma deve ser encarado como um desafio. Também acho que depois de assinar pela Roma recebeu uma oferta do Real Madrid, mas prosseguiu com o projeto da Roma porque adora desafios.

Rafael Leão contra João Félix:  Sou muito patriota, digo-vos João Félix e Rafal Leão. Ambos são grandes jogadores, que têm de continuar a evoluir. Félix esteve condicionado pela lesão que sofreu, mas foi decisivo. O Leão, pelo contrário, é um verdadeiro animal (…). Para mim, ele pode ganhar a Bola de Ouro daqui a alguns anos.

Via
Noticias ao Minuto

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo