Futebol

Das palmadas nas nádegas ao preservativo na sanita: tudo o que Neymar contou à polícia

Neymar esteve largas horas na 6.ª Delegacia da Mulher; em São Paulo, a prestar depoimento no caso da alegada violação de que é acusado pela modelo Najila Trindade e à saída disse “mais tarde ou mais cedo; a verdade vem ao de cima”. Mas o ‘Jornal Nacional’ da Globo já contou o que o jogador disse às autoridades.

O craque do PSG foi confrontado com as conclusões do relatório médico que; apesar de não consubstanciar a existência de violação, atesta a existência de lesões nas nádegas da modelo. Neymar assegurou que a relação sexual que manteve com Najila a 15 de maio; num hotel em Paris foi consensual; e que lhe deu umas palmadas nas nádegas porque ela lhe pediu que o fizesse. Acrescentou que; a modelo posou depois para a foto que ele tirou e que posteriormente acabaria por publicar nas redes sociais; para tentar provar que não houve agressão da sua parte.

Neymar foi acusado pela modelo de chegar ao encontro alcoolizado, mas o jogador garante que tinha ingerido apenas uma bebida; pois acabara de sair do treino. Contou que a modelo disse que o amava e que queria casar com ele. “Como podia ela amar-me se nem me conhecia?”, perguntou às delegadas que o ouviram no âmbito deste processo.

O internacional brasileiro acrescentou usou um preservativo durante a relação sexual – Najila garante que não – , que depois deitou na sanita. Disse que no segundo encontro entre ambos a sua intenção era levar a modelo a uma festa; mas que ela começou a agredi-lo e que ele foi embora. Neymar garantiu que ela nunca lhe disse que tinha sido violada, apenas dizia que ele a tinha deixado sozinha.

Via
Record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close