Futebol

Carlos Carvalhal: «Vamos tentar explorar os pontos fracos do Benfica»

Treinador do Rio Ave antevê deslocação “difícil” à Luz

Depois do empate frente ao Moreirense, o Rio Ave prepara-se para defrontar o Benfica este sábado (18 horas). Na antevisão da partida, Carlos Carvalhal, técnico dos vila-condenses, recusou a ideia de que defrontar Bruno Lage, seu ex-adjunto, vá ser especial e classificou o embate com os encarnados como um dos mais difíceis do campeonato.

Assim, O treinador do Rio Ave referiu a importância do jogo coletivo para enfrentar o Benfica e analisou o facto de a equipa ter jogado a meio da semana. “Para construirmos uma vitória num campo tão difícil temos de ser muito competentes e consistentes. Não podemos ser uma equipa de espasmos. Queremos ter a bola e construir oportunidades de golo. Houve um espasmo no calendário; não podemos falar em adaptação e as equipas não se tornam mais competitivas por jogarem de vez em quando de três em três dias. Certamente, Tornam-se competitivas se jogarem regularmente de três em três dias, há até mais competitividade interna. Por ser uma situação atípica temos de a gerir da melhor forma, os jogadores recuperam de formas diferentes. O Benfica tem uma pequena vantagem porque tem feito mais alterações e porque tem um plantel mais extenso que lhe permite fazer isso mesmo”, referiu.

Via
record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close