BenficaFutebol

Bruno Lage: «Aqui não há festa alguma, nem dos meus 43 anos»

Treinador do Benfica não quer euforias

Bruno Lage alertou hoje para a necessidade de o Benfica se apresentar “no seu melhor”. Para conseguir assim vencer no domingo um “jogo muito difícil” frente ao Rio Ave. Da 33ª jornada da Liga NOS.

“Foi tudo preparado dentro da normalidade: recuperar bem, trabalhar aquilo que achamos fundamental para o jogo e, depois, as questões estratégicas para um adversário muito bem orientado. O Daniel [Ramos] tem uma carreira que fala por ele. Com um conjunto muito organizado e que não desiste. Foi o que aconteceu então com o jogo com o FC Porto. Antevejo um jogo muito difícil. É mais uma final e para vencer o Benfica tem de estar no seu melhor”, declarou assim.

Em conferência de imprensa de antevisão da partida que pode dar ao Benfica o 37.º título de campeão, necessitando também de uma ‘escorregadela’ do perseguidor FC Porto no desafio com o Nacional, o técnico dos ‘encarnados’ não poupou elogios aos vila-condenses, considerando-os uma equipa “com muito conteúdo” e que vale pela força do coletivo.

“É uma equipa que dá gosto de ver jogar. Vem de uma fase muito positiva. Pelo momento que atravessa, é uma equipa com muita qualidade”, frisou entretanto, detalhando as virtudes do Rio Ave: “Tem três avançados e um homem que joga por trás deles, sendo que qualquer um pode criar situações de finalização, dois médios experientes e dois centrais fortes na construção”.

Via
Record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close