FutebolSporting

Bruno de Carvalho: «O que mais gostaria na vida era sentar-me num restaurante com Jesus»

Ex-líder leonino diz que é católico e não disfarça ironia quando inquirido sobre o antigo treinador do Sporting

Bruno de Carvalho não guarda rancor de Jorge Jesus. Mas garante que se fosse hoje não teria contratado o então treinador do Benfica. O antigo presidente do Sporting admitiu numa entrevista à ‘Playboy’ ter errado “na decisão de o contratar”.

“Eu sou católico e a coisa que mais gostaria na vida era de me sentar um dia num restaurante com Jesus”. Responde, algo ironicamente, quando lhe perguntam se seria capaz de um dia almoçar com o treinador. “Todos nós alguma vez na vida sentimos que estamos na sua presença, sobretudo quando estamos mais aflitos. Portanto, não tinha problema nenhum de me sentar com Jesus. Com o Jorge Jesus, mais uma vez não guardo nenhum rancor específico. Já disse aquilo que acho que ele fez de bem e que acho que ele fez de mal. Tenho a certeza absoluta que mais cedo ou mais tarde nos havemos de cruzar e não haverá nenhum clima de animosidade. Errei na decisão de o contratar, foi claro, tinha tudo para dar certo, fazia muita lógica, estamos a falar de um treinador que era campeão, que era do rival, portanto teve toda a lógica, como global foi um erro, em termos de resultados.”

Via
Record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close