Benfica

Gomes da Silva: «Iremos ao Marquês algumas vezes até deixarmos de ir»

Antigo vice-presidente dos encarnados afiança que “isso só não acontecerá se Vieira deixar de estar no palco”

Rui Gomes da Silva criticou a gestão de Luís Filipe Vieira e avisou que o Benfica vai deixar de festejar títulos no Marquês se o atual presidente dos encarnados não deixar o cargo. Na habitual crónica semanal que assina no blogue ‘Novo Geração Benfica’ o antigo vice-presidente do clube da Luz abordou aquilo a que chama “‘apagão’ europeu”, bem como as consequências das “parcerias estratégicas”.

“As paixões’ de Vieira serão a razão do definhamento do Benfica da Europa.  Certamente, Eu sei que a corte – pelo que se vê na televisão; – não se cansa de elogiar tanto erro invocando mentiras para justificar este ‘apagão’ do Benfica europeu! Como em 1372 terá havido, na corte portuguesa, quem elogiou D. Fernando por desposar Leonor Teles, também agora haverá quem, no Seixal ou na Luz, elogie as ‘parcerias estratégicas'”, escreveu.

“Esses defensores de convicções alheias, por um bom ordenado, como bons mercenários, são capazes de tudo! Anos depois (de 1383 a 1385) pagámos – e bem – essas opções como; agora, muito mais depressa do que pensam, pagaremos os erros que estamos a cometer. Assim, Luís Filipe Vieira (se tirarmos a ideia tão grandiosa quanto louca que lhe impingiram de o Benfica comprar um clube inglês) deixa todos os dias o Benfica a pensar cada vez mais pequeno! Aliás, O que é contra a Historia do Benfica, uma História que, embora não conheça, todos os dias faz por reescrever!”, prosseguiu.

Via
record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close