BenficaFutebol

Bruno Lage: «Quando cheguei coloquei o Félix a jogar e não lhe disse nada»

Diz que não há grandes segredos na forma como gere a questão emocional dos jovens

Bruno Lage garantiu este domingo que não há grandes segredos na forma como gere o fator emocional dos jovens no plantel. O treinador deu entretanto os exemplos de João Félix e Florentino, falando depois do que espera no jogo de segunda-feira com o Chaves.

A questão emocional dos jovens

“Papel do treinador? É quase nulo. Este é um projeto que já dura há uns anos, não estamos a iniciar nada. É a forma como os jogadores e os homens surgem preparados neste patamar. Se vos disser que quando cá cheguei coloquei o Félix a jogar e não lhe disse nada, só lhe disse que ia jogar, não estaria a mentir, porque nao fizemos nada de concreto. A mesma situação com o Tino. Soube que ia jogar ao mesmo tempo que os outros na Turquia, a seguir soube que ia ficar de fora nas Aves e depois voltou a jogar com o Galatasaray. Fico satisfeito por sentir nas suas declarações e no dia a dia que sentem que as coisas vão acontecendo. Não estão com pressa, estão tranquilos”.

Antevisão do jogo com o Chaves

“Se espero dificuldades? Muitas, porque têm feito um percurso interessante, conquistando pontos, e estão na luta pela manutenção. Nesta altura do campeonato em que se começa a olhar de forma decrescente para jogos e pontos. Estas equipas dão muito trabalho pela atitude e organização. Estamos concentrados em fazer um bom jogo, apresentarmo-nos organizados e com ambição enorme de jogar bem e vencer o jogo.”

Via
Record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close