BenficaFutebol

Benfica-Tondela: Luz vazia mas cheia de alma, segundo Lage

É o jogo de reentrada do Benfica no campeonato. Frente ao Tondela, os encarnados querem entrar bem, com uma vitória, para tentar regressar ao 1.º lugar da I Liga, que escapou antes da paragem nas competições.

Bruno Lage quis passar a mensagem aos jogadores que é importante darem tudo pelos adeptos que não podem estar presentes, já Natxo González afirma que nenhuma equipa beneficiou com esta paragem.

O pontapé de saída no Estádio da Luz é dado às 19h15.

Discurso direto dos treinadores

Bruno Lage

O que esperar do jogo: É uma boa pergunta porque é tudo inédito. A paragem a meio do campeonato e o tempo de paragem. Temos de perspetivar o que o adversário vai fazer e depois jogar no Estádio da Luz sem os seus adeptos é quase levar a alma do que representa o Benfica. Foram meses de muito trabalho, de toda a gente. É um adversário muito difícil e muito competente, já o jogo da primeira volta foi muito difícil. Queremos ter uma reentrada muito forte, foi nisso que nos focámos. Preparámo-nos para tudo. Fizemos treino-jogo na Luz para os jogadores se ambientarem. Os adeptos não estão lá, mas estão a ver-nos jogar. Falei com um adepto recentemente, que me reconheceu, e trocámos duas ou três palavras. Foi muito importante. Ele disse-me apenas que não irão lá estar fisicamente, mas iremos lá estar de coração. É essa mensagem que quis passar aos jogadores.

O que sentiu mais falta: Foi de trabalhar diariamente com os jogadores. É difícil de explicar quando se tem esta vida durante 20 anos. Foi realmente que me fez mais falta. 

Paragem após série negativa: Em fevereiro não tivemos um bom registo, deveríamos ter feito mais e melhor. Se foi benéfico ou não, temos é de amanhã fazer uma boa reentrada. Neste momento considerar os nossos adeptos como a nossa alma, dá motivos aos jogadores para vencer. 

Natxo González

Paragem: A paragem não beneficia ninguém, ainda mais por uma situação como a pandemia. É uma nova etapa, é um novo campeonato com apenas 10 jogos e todos começamos do zero e vamos ver como sai esta nova experiência. Não me sinto beneficiado, como treinador do Tondela, por ir ao estádio do Benfica e vê-lo vazio. Prejudica o futebol. Prejudica o Benfica, o Tondela e todos. Uma das motivações para um jogador é poder ir a um estádio como o da Luz e estar cheio de pessoas, ruído e cânticos. É motivador.

Ausência de adeptos: Não entendo o futebol com as bancadas vazias, mas é uma situação a que teremos de adaptar-nos. Não gosto, não acredito no futebol sem público, mas temos de adaptar-nos a esta nova circunstância.

Índices físicos: Estivemos dois meses confinados, voltámos ao trabalho de uma forma que não é normal. É parecido com uma pré-época, mas com menos sessões de trabalho e sem poder ter jogos de preparação. Estamos todos expectantes. Nenhuma equipa chega fisicamente a 100% ao primeiro jogo e vamos ver que resposta damos.

Últimos onzes

Benfica: Odysseas, Tomás Tavares, Rúben Dias, Ferro, Grimaldo, Samaris, Taarabt, Pizzi, Cervi, Chiquinho e Vinícius.

Tondela: Cláudio Ramos, Moufi, Ricardo Alves, Philipe Sampaio, João Reis, Pité, Richard Alexandre, João Pedro, Pepelu, Murillo, Ronan.

Últimos resultados

Benfica: D-V-E-E-E

Tondela: E-D-D-D-E

Lesionados e castigados

Benfica: Seferovic (?)

Tondela: –

Via
Noticias ao Minuto

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close