BenficaFutebolSporting

BENFICA ESTÁ NUM PATAMAR MUITO SUPERIOR AO DO SPORTING

PETIT

O Benfica recebe este sábado o Sporting, para a terceira jornada da I Liga de futebol, num dérbi em que o antigo jogador dos ‘encarnados’ Petit assume haver atualmente um fosso entre a qualidade das duas equipas.

Em declarações à agência Lusa, o ex-médio do Benfica, que passou também por Boavista, Colónia e Gil Vicente, entre outros clubes, considera que a formação comandada por Rui Vitória tem uma maior experiência competitiva e um outro entendimento entre os seus jogadores, apesar de reconhecer o caráter especial de um dérbi e o seu espaço para surpresas históricas.

“Acredito que o Benfica está em vantagem, mas os dérbis e os clássicos são sempre complicados. Mas, pelo que tenho visto, o Benfica tem uma margem grande no seu jogo e na sua confiança. O Sporting ainda procura a sua identidade e o Benfica já tem uma identidade boa, com o mesmo treinador há mais de três anos e os jogadores conhecem-no bem”, afirma.

A experiência do agora treinador de futebol, que na época transata comandou o Moreirense, leva-o também a enfatizar o peso da recente instabilidade no clube de Alvalade e o pouco tempo de trabalho do técnico José Peseiro ao leme dos ‘leões’.

“Acredito que o Benfica está num patamar muito superior ao Sporting, que não sabe ainda os jogadores que tem para fechar o plantel. O treinador está ainda a ver as garantias que os jogadores conseguem dar para o seu jogo”, frisa, ressalvando “a qualidade” dos futebolistas ‘leoninos’, mesmo sem “exibições consistentes” neste arranque de campeonato.

No passado de Petit como jogador do Benfica está um dérbi marcante, em 14 de maio de 2005, para a 33.ª jornada da Liga, no qual o clube da Luz venceu em casa o eterno rival por 1-0. O golo de Luisão, aos 84 minutos, virou a história — e a classificação — daquele campeonato a favor do Benfica, contribuindo decisivamente em 2004/05 para o fim do jejum de 11 anos sem o título de campeão.

Nesse duelo dos ‘grandes’ de Lisboa estava José Peseiro ao comando do Sporting, algo que se repete 13 anos depois pela primeira vez na Luz, mas que Petit entende não pesar no subconsciente do treinador sportinguista.

“Acho que são momentos diferentes. Ele ganhou mais experiência e os jogadores são diferentes. Foi um jogo que valia o título, que podia cair para Benfica ou Sporting. Foi difícil, mas nós conseguimos fazer o golo a acabar o jogo por intermédio do Luisão. O Sporting tinha jogadores de muita qualidade e nesse ano chegou também à final da Taça UEFA. Tinha uma grande equipa, mas acredito que [este sábado] vá ser um jogo diferente”, disse.

Benfica e Sporting defrontam-se a partir das 19:00 de sábado no estádio da Luz, em jogo da terceira jornada da I Liga.

Origem
Sapo Desporto

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close