FutebolInternacional

As curiosidades da Supertaça Europeia

Lopetegui não perdia desde Alvalade

O treinador do Real Madrid perdeu o primeiro jogo oficial desde 2016.

A vitória (4-2) do Atlético de Madrid sobre o Real Madrid, na Supertaça Europeia, abriu uma série de curiosidades que são, naturalmente negativas para um lado e positivas para o outro.

Comecemos por Diego Simeone. O argentino, que viu o jogo na bancada por estar castigado pela UEFA, é o primeiro técnico do Atlético que conquista uma final diante do Real Madrid em três competições diferentes: Taça do Rei (2013), Supertaça de Espanha (2014) e Supertaça Europeia (2018). Estas são precisamente as últimas três finais perdidas pelos merengues.

Além disso, os blancos levavam uma série de 13 vitórias consecutivas em finais internacionais: a última derrota neste âmbito remontava a 2000, na Taça Intercontinental conquistada pelo Boca Juniors – triunfo por 2-1. Por outro lado, Julen Lopetegui, que fez a estreia pelo Real Madrid, perdeu o primeiro jogo de cariz oficial desde o dia 2 de janeiro de 2016.

Naquele dia, o treinador espanhol, na altura ao serviço do FC Porto, foi derrotado por 2-0 em casa do Sporting, no penúltimo jogo ao serviço dos dragões. Em setembro de 2016, Lopetegui estreou-se pela seleção espanhola e saiu poucos dias antes do Mundial’2018, sem que tivesse perdido qualquer jogo.

Já no Real Madrid, a Supertaça Europeia foi a estreia oficial e terminou da pior maneira. Enquanto teve Zinedine Zidane no comando, o Real nunca sofreu quatro golos.

Fonte: O Jogo.

Origem
O Jogo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close