Futebol

André Cruz assume futebol com João Benedito

Antigo campeão nacional no clube (1999/00 e 2001/02) chega nas próximas horas a Lisboa para participar em ações de campanha do candidato

André Cruz é o homem escolhido por João Benedito para assumir a pasta do futebol profissional. Segundo O JOGO apurou, o antigo defesa-central do Sporting, campeão nacional nas épocas 1999/00 e 2001/02 – além de uma Taça de Portugal e uma Supertaça Cândido Oliveira conquistadas enquanto envergou o leão no peito -, chega nas próximas horas a Lisboa, de modo a poder participar nas ações de campanha do gestor.

André Cruz, recorde-se, nos últimos anos tem mantido a ligação ao futebol através de uma escola de futebol em Campinas, no Brasil, tendo inclusive em tempos recentes indicado alguns atletas a atuar no país ao Sporting, vistos pelo próprio com talento para singrar na Europa. O antigo internacional brasileiro chegou mesmo a ser abordado por Bruno de Carvalho para colaborar com o clube de forma mais efetiva e abrangente, algo que nunca passou para o papel.

João Benedito apresenta assim um trunfo querido junto da massa adepta, tendo o gestor ideias claras quanto ao modelo a implementar no que concerne à gestão do futebol. “A estrutura decisória de apoio ao presidente será constituída por um CEO, administrador executivo para o futebol, um administrador jurídico. A ligação entre a equipa técnica e a Comissão Executiva será feita pelo diretor desportivo. Pretendemos criar uma Comissão Técnica”, afirmou João Benedito durante a apresentação da sua candidatura à presidência do Sporting no passado dia 19, sob o lema “Raça e futuro”.

Candidato foi de Sintra a Tires

João Benedito prosseguiu ontem a campanha com uma visita ao Núcleo Sportinguista de Sintra, onde “ajudou” a celebrar o seu segundo aniversário, junto de mais de 200 adeptos. Aí, não prestou qualquer esclarecimento – esteve presente na condição de associado dos leões -, guardando-os para a deslocação a Tires. Pelas 18h00, e perante 30 fãs dos verdes e brancos, o antigo capitão de futsal do clube e também gestor voltou a explicar as razões que o levaram a avançar com a candidatura ao sufrágio de 8 de setembro. Questionado sobre influências exteriores no futebol do Sporting, o candidato prometeu que, consigo, haverá concentração total: “Quero equipas focadas na vitória, sem desculpas nem distrações. Queremos ser os melhores em campo.”

Fonte: O Jogo.

Origem
O Jogo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close