Desportos de CombateMMA

Giácomo Lemos defenderá cinturão MMA

Morador de Florianópolis, que trabalhava na área de tecnologia da informação, mudou de vida para se tornar atleta

A batalha contra a balança foi vencida anos atrás.
Contudo, quando deixou os 160kg para o limite de 120 da categoria peso-pesado. A luta sobrepôs os algoritmos na vida de Giácomo Lemos, o Viking do Campeche.
Certamente trocou o trabalho de analista de sistemas, com terno e gravata, para dar socos e chutes sem camisa, calçando luvas, pelo mundo.

Nesta segunda-feira em Seul, na Coreia do Sul, ele colocará em jogo o cinturão do Angel’s Fighting Championship (AFC).
Contudo, o título que conquistou em fevereiro deste ano, contra o local Jun Soo Lim, 36 anos, e com um cartel de 12 vitórias e 11 derrotas. Giácomo, aos 29, tem apenas cinco lutas profissionais, ganhou todas – as últimas quatro por nocaute.

O 1,90 metro de altura assusta, mas a voz calma faz parecer que você não está diante de um viking. O apelido, por sinal, veio em um dos primeiros eventos, quando venceu um boxeador experiente por nocaute. O apresentador do evento disse que Giácomo tinha a genética fora do comum. De tanto que gostou do apelido, acabou adotando uma dieta ao estilo dos nórdicos.

Origem
Nsc Total
Tags

Artigos relacionados

Back to top button
Close
Close