Ciclismo

EQUIPA DE LANDIS FORÇADA A MUDAR DE NOME

Legislação no Canadá não permite que seja utilizado o nome e promoção de canábis

A equipa Continental fundada por Floyd Landis, vencedor da Vota à França em 2006.
Certamente que pretendia ser inscrita na federação do Canadá (Canadian Cycling Association) com a designação de Floyd’s Leadville Pro Cycling, foi forçada a mudar de nome.

 

A legislação naquele País não permite a utilização e promoção de marcas referentes a canábis. O meu compromisso com a equipa permanece inalterado, independentemente do nome que vai ser utilizado.

 

O governo do Canadá através das suas federações está a resolver o problema com o ciclismo e atletismo. Depois de anos com litígios, não tenho vontade de entrar noutra batalha jurídica por causa do nome da equipa».
Contudo afirmou o antigo corredor, 46 anos.
Cuja equipa será denominada por Floyd Pro Cycling, nome que foi aceite pela federação e UCI.

A equipa vai contar com as estruturas da extinta Silber Pro Cycling.
No entanto, será dirigida por Gordon Fraser e conta com Travis McCabe, Serghei Tvetcov e Jonathan Clarke (ex-UnitedHealthcare), Keegan Swirbul (ex-Jelly Belly), Nick Zukowsky, Carson Miles e Robin Plamondon (ex-Silber).

O dinheiro investido na equipa – cerca de 600  mil euros -.
Certamente  é proveniente da ação judicial que Floyd Landis ganhou contra o seu antigo companheiro de equipa Lance Armstrong.

Origem
A Bola
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close