Ciclismo

André Cardoso: «Pretendo angariar fundos para uma batalha legal»

Ciclista quer provar a sua inocência

O ciclista português André Cardoso anunciou esta sexta-feira que pretende angariar fundos para uma “batalha legal” com a UCI.
No sentido de “limpar o nome”, depois de ter sido sancionado com quatro anos de suspensão.

O resultado negativo

“Estou a fazer o possível para controlar a minha raiva, mas estou totalmente desapontado com a confirmação”, afirma o ciclista. “Tenho lutado contra isto há 16 meses.
Certamente desde o início ficou claro que a UCI queria fazer de mim um exemplo para criar um precedente para sancionar atletas com uma amostra A.
Ignorando o devido processo”, acrescenta.

“Percebemos isso quando contrataram um dos principais escritórios de advocacia da Suíça e praticamente todos os médicos especialistas que nos poderiam ajudar a provar o nosso caso. Porque é que fizeram isso num caso que afirmam ser completamente claro? Se fosse um caso simples, ficaria encerrado rapidamente”, refere ainda.

O controlo, feito a sangue e urina, aconteceu em 18 de junho de 2017, alguns dias depois de o português ter terminado o Critério do Dauphiné em 19.º lugar, o que contribuiu para a sua presença na equipa Trek-Segafredo designada para a Volta a França daquele ano, na qual faria a sua estreia.

Por Lusa

Origem
Record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close