Ciclismo

Américo Silva rescinde com Efapel

O diretor desportivo Américo Silva deixou a Efapel “por mútuo acordo” e foi substituído por Rúben Pereira, disse esta sexta-feira à Lusa o sucessor; que já fazia parte da estrutura e vai assumir o cargo até final do ano.

“Américo Silva saiu por mútuo acordo entre as partes, sem qualquer problema. Assumi o cargo e o José Augusto Silva chegou como adjunto e será uma peça importante na Volta a Portugal”; revelou Ruben Pereira, à margem da partida da segunda etapa do Grande Prémio Abimota, em Ourém.

O novo diretor desportivo, filho do dono da equipa, Carlos Pereira, vai assumir a prova até final do ano e a Efapel terá dois diretores, algo “importante para corridas de maior importância”; com a saída do antigo diretor a dar-se após o Grande Prémio Jornal de Notícias.

Américo Silva liderava a equipa pelo quarto ano seguido, depois de voltar à modalidade após um período de ausência na sequência da saída da Liberty Seguros, tendo sido contratado José Augusto Silva; antigo diretor da LA Alumínios.

contudo,Com um “grupo especial e ambicioso”; que segue “muito unido”, o objetivo continua a ser “disputar a Volta a Portugal”; depois de Joni Brandão, a grande aposta da Efapel, ter vencido três etapas no GP Jornal de Notícias; mas falhado a vitória final.

por fim,No 40.º GP Abimota, a Efapel chega com cinco corredores; porque vários nomes estão “em estágios de altitude” a preparar a Volta a Portugal; mas também pela presença de Rafael Silva na seleção portuguesa nos Jogos Europeus, em Minsk; um “orgulho para a equipa, que não é de se negar ao ciclista ou à federação”.


Via
Record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close