BasketballWorld

Kobe Bryant é indicado ao Oscar de melhor curta-metragem de animação Fonte: Esporte

Esporte Basquete

Obra produzida pelo ídolo do Los Angeles Lakers é uma das cinco concorrentes ao Oscar 2018 de melhor curta-metragem de animação

No Lakers, Kobe Bryant usou o número 8 por dez anos e o 24 por mais uma outra década
Reprodução

No Lakers, Kobe Bryant usou o número 8 por dez anos e o 24 por mais uma outra década

Depois de escrever seu nome na história do basquete , Kobe Bryant agora se vê envolvido em um novo ramo, o do cinema. Na lista dos indicados ao Oscar 2018 , encontra-se “Dear Basketball”, querido basquete, com tradução livre para o português. Trata-se de uma animação inspirada na carta escrita pelo ex-jogador, quando se despediu das quadras.

Kobe Bryant foi o roteirista e também o produtor executivo da obra, que concorre ao prêmio de melhor curta-metragem de animação. Com trilha sonora de John Williams, conta com a direção do animador Glen Keane. O filme foi exibido pela primeira vez durante a cerimônia de aposentadoria das camisas 8 e 24 do Los Angeles Lakers, em dezembro de 2017.

A carta de despedida havia sido escrita ao The Player’s Tribune , no ano de 2015, quando anunciou sua aposentadoria e deixou o esporte. Dear Basketball concorre ao prêmio ao lado de outros quatro curtas: Lou, Garden Party, Negative Space e Revolting Rhymes.

LEIA TAMBÉM: Kobe Bryant choca os fãs da NBA ao aparecer barrigudo em fotos: “Deplorável”

Assista o trailer de Dear Basketball:

LEIA TAMBÉM: Kobe Bryant é homenageado e aposenta duas camisas pelo Los Angeles Lakers

Aposentadoria das camisas

Kobe Bryant é homenageado pelo Los Angeles Lakers durante intervalo de partida contra o Golden State Warriors
Reprodução

Kobe Bryant é homenageado pelo Los Angeles Lakers durante intervalo de partida contra o Golden State Warriors

Embora questionado inúmeras vezes sobre qual número teria sido mais importante em sua carreira, Kobe Bryant nunca soube escolher entre as camisas 8 e a 24. Foram dez anos usando cada uma delas em suas duas décadas na NBA, todas pelo  Los Angeles Lakers . E nem mesmo a franquia californiana soube fazer essa escolha e por isso, resolveu fazer um feito inédito e aposentar as duas camisas. Diante de mais de 18 mil pessoas, o ídolo do Lakers se tornou o 10º jogador da franquia a ter uma camisa aposentada. No entanto, é o primeiro atleta da NBA a ter duas camisas aposentadas por uma única franquia.

Fonte: Esporte – iG 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close