Basketball

José Barbosa: «Este segundo título tem mais sabor»


Assim que a buzina do pavilhão da Luz tocou pela última vez; jogadores e equipa técnica da Oliveirense invadiram o campo, abraçaram-se e festejaram emocionados a conquista do bicampeonato. Afinal; e como lembra o capitão José Barbosa, contos de fadas há muitos; mas a consolidação de um projeto vencedor é ainda mais difícil.

“Passámos uma mensagem, que hoje ficou bem à vista. Praticámos bom basquetebol na defesa e no ataque. Contos de fadas como aquele que vivemos no ano passado existem muitos. O Madeira SAD no andebol em 2004, o Valongo no hóquei em patins em 2013, o Leicester no futebol, mas o ano seguinte costuma ser muito pior. Este segundo título tem ainda mais sabor”, confessou à RTP o base titular da Seleção Nacional, que admitiu ainda a importância do público. “Eles têm toda a importância. Isto foi jogado a uma segunda-feira, dia de trabalho, e esta gente meteu toda dia de férias para vir cá abaixo. Estou orgulhoso e a tentar desfrutar.”

Público muito elogiado

João Balseiro, outro dos internacionais portugueses do bicampeão, ressalvou igualmente a importância do público. “É muito especial ganhar pela Oliveirense, no distrito de Aveiro, que é a capital do basquetebol. Que todas as equipas em Portugal fossem como a Oliveirense e o seu público”, confessou o extremo, que lembra a importância do espírito de equipa da formação de Oliveira de Azeméis. “Para nós não interessa se alguém marca 30 ou 40 pontos. Estamos sempre prontos a dar um abraço ao colega de equipa.”

Via
Record
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close